sexta-feira, 4 de maio de 2012

O ônibus

O Ônibus é um meio de transporte angustiante para um portador de DII. E é meu único meu de transporte para o trabalho... ou quase (Porque quando a crise aparece, conto com ajuda de anjos que me levam e de taxis que utilizo).
Não sei como é para as outras pessoas portadoras... Esse medo de passar mal, que para mim não é irreal, mas de fato já aconteceu inúmeras vezes.
Várias e várias situações constrangedoras, no mínimo, que ocorreram entre um trajeto de coletivo.
Como é para vocês?
Já passaram por poucas e boas também, eu posso imaginar... até mesmo quem possui carro.
Para mim, é particularmente muito complicada essa situação. São tantos transtornos já ocorridos... que lembrar é quase traumático.
Creio que para uma mulher, torna-se muito mais difícil, pois o constrangimento de alguma vez, precisar ir a uma padaria, lanchonete, posto de gasolina, ou até mesmo um bar. Imagine, que uma vez, precisei descer do ônibus na Linha Amarela, quem conhece o Rio de Janeiro, sabe que é uma via complicada.
Outras vezes, somente chorei e me contorci de dor, até o ônibus chegar perto de onde resido.
Outras, peguei ônibus para trabalhar e desci, já troquei de condução mais de 3 vezes em uma única manhã.
Chega uma hora que o desânimo bate, outras horas, paro de remoer situações dolorosas e encaro de frente.
São os altos e baixos de quem tem uma doença que compromete uma vida social, profissional e emocional...
Se alguém já passou alguma situação complicada, compartilhe.
Um apoiando o outro, pode fazer toda a diferença.

Bjs

4 comentários:

  1. http://www.crohnistasdalegria.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Érica, tudo bem? acho que acabei excluindo o inicio do comentário...olha quanta coincidência, tbém sou nutri, tenho Crohn e um Blog.... se puder, dá uma olhada. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita, caso tenha facebook, gostaria de Conhecê-la melhor, dividimos a mesma experiência de conviver com Crohn e também a mesma profissão... Se quiser me adicionar, terei prazer em conhecê-la. Bjs

      Excluir
  3. Adorei o blog! Acho que o contato com pessoas que vivenciam as mesmas dificuldades, traz um conforto..é muito bom falar com quem sabe e não contar a mesma história para todas as pessoas que você conhece e que não tem dimensão do que é na verdade essa doença...

    ResponderExcluir